Coleção Verão 19 – O espírito boêmio

O espírito boêmio retorna com forças ao segmento comercial da moda noiva. Produções mais leves, sem volume, cortes mais modernos e preciosos, com a ‘vibe retrô’ em evidência.

A quebra de padrão traz uma coleção inspirada em noivas “livres” das normas clássicas de casamentos, com ombros decotados, recortes provocantes e conjuntos de duas peças, que complementam o tema contemporâneo em questão.

Foto/ divulgação Pinterest                  

Tulle Square

O tema ‘boêmio’ da nova coleção verão 19 é marcado por tecidos leves: rendas, seda e tules.

A textura agradável é essencial, obtida por meio das rendas, sejam elas maiores e bem elaboradas, com o aspecto handmade (feito à mão) ou delicadas, com um ar gracioso e romântico ao vestido de noiva.

Tulle Bordado Elizabete                                                                                          

Foto referência: Elie Saab

Tulle Taípe

Golas de renda, ombros caídos e fendas na altura das coxas deixam a pela à mostra de maneira sóbria. As franjas garantem fluidez e valorizam a produção, enquanto os cortes retos e minimalistas confirmam o espírito livre da noiva boêmia.

Referência: desfile Christos Costarellos

Decoração ‘boêmia’

O filtro dos sonhos consiste em círculo, geralmente feito de vara de salgueiro-chorão, simbolizando o círculo da vida e eternidade. A teia, representando a alma, o livre arbítrio, as nossas escolhas, relações interpessoais e caminhos. As penas, que correspondem ao ar ou respiração, dois elementos essenciais para toda a vida, simbolizando sabedoria e coragem.

Os sonhos bons (aqueles que trazem mensagens importantes) possuiriam a capacidade de passar pelos espaços e buracos formados entre a teia, enquanto todas as energias malignas ficariam presas nos fios e detalhes da teia.

A tradição sugere que o filtro dos sonhos seja colocado em um lugar que receba luz solar, pois todos os sonhos negativos que supostamente estariam presos nos fios, ao receberem os raios do sol, desapareceriam.”

Quando o assunto é a decoração especial deste casamento, as noivas boemias procuram se inspirar na lenda e utilizar o ‘filtro dos sonhos’ como meio de decoração nos casamentos. Carregado de beleza e simbologia, o amuleto é capaz de levar boas vibrações e bons sonhos ao local. Estão por todos os cantos, seja pendurado em cima das mesas, ou em entradas das festas comemorativas.

“O amuleto típico da cultura indígena surgiu na tribo dos Ojibwa, que acreditavam que uma das principais missões das pessoas durante a vida era a de decifrar os sonhos, separando sonhos negativos dos positivos, além de trazer mensagens importantes sobre o universo, a vida e a sabedoria, para quem o possuísse.

2017-11-13T10:07:07+00:00